Presidente diz que se houver ilegalidade nas contratações de servidores da Câmara elas serão corrigidas

Francisco Frechiani disse que ainda não recebeu a recomendação do MP

por Odair Cardoso
Fonte: Odair Cardoso.
07/12/2017 - 18h34

Patos Já - Presidente diz que se houver ilegalidade nas contratações de servidores da Câmara elas serão corrigidas

O Ministério Público fez recomendação para a Câmara Municipal de Patos de Minas, determinando que 34 assessores do legislativo sejam demitidos por irregularidades. Atualmente, cada vereador conta com três assessores, mas no entendimento do MP o ideal seria que apenas um destes cargos fosse mantido. Funcionários de outros setores, como os de contabilidade, informática, recursos humanos, procuradoria e tesouraria da casa, também foram citados na recomendação, para que sejam extintos.

Nesta quinta-feira (07) o presidente da Câmara Francisco Frechiani falou sobre o assunto e afirmou que ainda não recebeu oficialmente a recomendação, e  caso existam irregularidades, elas serão sanadas. 


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG