Vereadores de Lagamar instauram CPI para investigar ações do prefeito Auro José

O gestor é acusado de ter cometido nepostismo ao nomear a primeira dama para a Secretaria de Assistência Social

por Odair Cardoso
30/09/2021 - 08h00

Patos Já - Vereadores de Lagamar instauram CPI para investigar ações do prefeito Auro JoséArquivo Patos Ja.

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), foi instaurada na Câmara de vereadores de Lagamar, para investigar supostos atos irregulares, que teriam sido cometidos pelo prefeito Auro José Pereira (DEM).

A motivação da iniciativa se deve a não prestação de contas por parte do executivo, mesmo após a casa legislativa ter feito diversos requerimentos e encaminhado ofícios, solicitando informações a respeito das ações promovidas pela administração pública, desde o início do ano. O prefeito também é alvo de uma acusação de nepotismo, por ter nomeado a própria esposa para assumir a Secretaria de Assistência Social.

O cargo foi ocupado pela primeira dama, Maria de Fátima Bernardes, no período de janeiro a 20 de setembro, quando foi exonerada. A instalação da CPI, com a escolha dos membros, foi aprovada na reunião do dia 21 de setembro.

Nossa reportagem entrou em contato com o prefeito, Auro José para falar sobre o assunto. No entanto, o gestor alegou não ter conhecimento sobre a CPI e que ainda não foi notificado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG