Escândalo das caçambas em Lagamar continua sendo apurado pela Câmara

O prefeito Cássio Wilde Marra foi convocado para prestar esclarecimentos, mas não compareceu

por Millene Mesquita.
01/04/2015 - 15h48

Patos Já - Escândalo das caçambas em Lagamar continua sendo apurado pela Câmara

A apuração sobre o escândalo das caçambas em Lagamar continua. A comissão que investiga o caso começou a ouvir os envolvidos e testemunhas. Convocado para prestar informações nessa terça-feira (31), o prefeito Cássio Wilde Marra não compareceu. 

A denúncia de supostas irregularidades em processo licitatório para a contratação de empresa para a locação de caminhão poliguindaste e 06 caçambas foi protocolada na Câmara Municipal de Lagamar no dia 18 de fevereiro de 2014 pelo cidadão João Matheus da Silva. A licitação para recolher o entulho teria sido feita no dia 1º de abril de 2014 com custo mensal de R$ 22 mil reais e anual de R$ 110 mil reais. 

O processo político administrativo que está em trâmite no Poder Legislativo envolve o Prefeito Cássio Wilde Marra e o ex-secretário de obras Júlio Alves Caixeta que é atualmente vereador. Nesta terça-feira, 31 de março foi realizada uma audiência da Comissão Processante. O depoimento do Prefeito Cássio Wilde Marra estava previsto para às 16:00hs, mas, até esse horário ele não compareceu. 

Nesta quarta-feira (01), será a vez de outras testemunhas e do ex-secretário de obras Júlio Alves Caixeta que é atualmente vereador prestar os depoimentos. 


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG