Covid-19: Cuidados com recém-nascidos devem ser maiores durante a pandemia

Apesar de os risco ser maior em idosos, os bebês não estão isentos de contrair o vírus

por Paula Mota
Fonte: Texto de Paula Mota / Reportagem de Marília Borges
11/04/2020 - 08h00

Patos Já - Covid-19: Cuidados com recém-nascidos devem ser maiores durante a pandemia

O primeiro mês de vida de um bebê é um dos mais importantes. Mesmo antes de declarada a pandemia do novo coronavírus em tudo o mundo, ter cuidados essenciais com um recém nascido já era algo necessário.

A principal recomendação dos especialistas e do próprio ministério da saúde é evitar o contato, manter-se em isolamento social. O mesmo vale para os pequenos. Os assintomáticos – aqueles que são infectados pelo coronavírus, mas não apresentam sintomas – podem transmitir o vírus sem perceber e isso pode ser um risco para a saúde da criança.

No dia 08 de abril, um bebê de apenas cinco dias de vida morreu, em Natal – RN, após ser diagnosticado com Covid-19. Até o momento, este é o mais jovem a falecer pela doença.

De acordo com o pediatra Lucas Rodrigues, há um tempo mínimo de 24 horas em que os hospitais não podem dar alta para o recém nascido. No entanto, muitos deles tem reduzido o tempo de internação, para evitar que a mãe ou o bebê fiquem expostos ao vírus.

Além disso, toda a equipe também reforçou a utilização dos EPIs – Equipamento de Proteção Individual –, e as visitas também foram suspensas. Aiandra Faria, jornalista, é mãe de primeira viagem. Segundo ela, os reforços serão intensificados também no retorno para casa.

Nesse primeiro momento, ela conta que não receberá visitas, que a limpeza no ambiente também será reforçada e por fim, fará uso das redes sociais para manter os familiares e conhecidos mais próximos do pequeno João Miguel.

Outra recomendação importante, segundo o pediatra, é que não seja interrompido o aleitamento materno, entretanto, deve-se intensificar os cuidados e a proteção dela e do filho, por exemplo, fazer uso de máscaras, lavar frequentemente as mãos, com álcool em gel ou água e sabão.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG