Especialistas alertam para o risco da gravidez precoce

Problemas de saúde física, psicológica e social são os principais na gravidez precoce

por Paula Mota
20/08/2020 - 08h30

Patos Já - Especialistas alertam para o risco da gravidez precoce

O caso da criança de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo tio causou uma grande repercussão em todo o Brasil. Diante do fato, surge a reflexão e os questionamentos a respeito da gravidez precoce.

Situações em que jovens engravidam antes dos 15 anos não são incomuns em nosso país. Um levantamento, feito pelo Ministério da Saúde, indica que três em cada dez meninos e meninas iniciam a vida sexual entre os 13 e os 15 anos. Sem as orientações devidas, essa ação pode acarretar em doenças e até em gravidez precoce.

No entanto, de acordo com o ministério da saúde, gravidez na adolescência não é considerada uma gravidez de alto risco, como acontece com mães diabéticas, por exemplo. No entanto, é um fator de risco, tendo em vista que os jovens são os mais expostos às drogas e bebidas e estão mais suscetíveis a desenvolver transtornos psicológicos nesta fase da vida.

Os principais riscos para o bebê, fruto de uma gravidez precoce – aquela que acontece antes dos 15 anos de idade, ou antes de dois anos desde a primeira menstruação – são nascimento prematuro e dificuldades no crescimento da criança. Além dos riscos para a mãe, como a pré-eclâmpsia – pressão alta.

Casos como o da menina de 10 anos, em que se une a gravidez precoce e os abusos, há ainda o trauma vivenciado e que, sem acompanhamento psicológico pode permanecer até a fase adulta. Além disso, pode ser despertado em decorrência da situação, o sentimento de incompetência diante das ameaças e agressões sofridas.

A principal orientação, aos pais e familiares é apoiar, independente das condições em que aquela criança ou adolescente se encontra e das consequências disso na vida dela. Além de da importância de saber o que fazer para evitar que uma gravidez ocorra de forma precoce e indesejada.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG