Prefeito de Patos de Minas afrouxa restrições, mas pede que população fique em casa

por Redação Patos Já
10/04/2020 - 18h00

Patos Já - Prefeito de Patos de Minas afrouxa restrições, mas pede que população fique em casa

O prefeito de Patos de Minas afrouxou medidas de restrição por meio de decreto, mas hoje publicou um vídeo pedindo que a população, fique em casa. José Eustáquio Rodrigues alerta que o município tem 50 leitos de CTI para atender uma população de 700 mil habitantes, já que é referência em saúde para 33 municípios da região.

O isolamento domiciliar é necessário para impedir a disseminação do coronavírus, vem dizendo repetidamente a Organização Mundial de Saúde. União, estados e municípios brasileiros foram então, obrigados a se mobilizar e medidas estão sendo tomadas no enfrentamento a COVID-19. Em Patos de Minas, as primeiras ações ocorreram em 17 de março. No decreto municipal determinando para que as aulas fossem suspensas, seguindo as recomendações do estado.

No dia seguinte, a prefeitura de Patos de Minas declara situação de emergência em saúde e no dia 20 de março, um outro decreto suspende o funcionamento da maioria setores comerciais. Dez dias depois, em reunião com representantes do comércio, o entendimento foi para que os estabelecimentos voltassem a funcionar, e um decreto foi publicando permitindo que a maioria dos setores comerciais fossem reabertos.

Na última quarta-feira, 8 de abril, a prefeitura resolveu seguir as recomendações do Ministério Público, para fechamento do comércio de novo. No entanto, na prática as lojas só ficaram fechadas mesmo, apenas na quinta-feira, já que esta sexta é feriado e o sábado não está autorizado a abrir, mantendo só os serviços essenciais.

Nesta Sexta-feira Santa, o prefeito José Eustáquio publicou um vídeo, com contradições. Ao mesmo tempo que diz que ninguém está proibido de sair de casa e trabalhar, pede que as pessoas fiquem em casa. Mas no decreto em vigor, a maioria dos setores vai reabrir na segunda-feira em Patos de Minas.

As lojas devem funcionar de 12h30 às 18h30, e bancos, cooperativas de crédito e lotéricas devem funcionar de 8h ao meio dia. Mas o prefeito diz que o isolamento é importante porque o município pode não suportar a demanda de atendimentos e o sistema de saúde enfrentar um colapso.




Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG