Servidores relatam falha no sistema de Saúde oferecido pelo IPSEMG

Segundo eles, falta pronto socorro e médicos o suficiente para atender à demanda dos funcionários

por Redação Patos Já
01/12/2020 - 08h30

Patos Já - Servidores relatam falha no sistema de Saúde oferecido pelo IPSEMG

Servidores da área da educação relatam que o serviço ofertado pelo plano de saúde do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) não está funcionando como deveria. A principal queixa é a falta de pronto atendimento para os funcionários.

De acordo com Ricardo Gonçalves, Coordenador Geral SindUTE, em 2019, os servidores foram ao IPSEMG de Patos de Minas para conversar com a representante da instituição e apresentar as demandas do município, entre elas, a demanda por médicos na região, que é escassa para atendimento devido a tabela de preços paga pelo instituto.

Segundo Ricardo Gonçalves, o que foi informado pelo IPSEMG aos servidores era que o problema seria a negociação da Sociedade Médica com o próprio instituto, a respeito do valor tabelado pela instituição, que é baixo, e da falta de profissionais para atendimento devido a esse valor.

Além disso, a professora de História Edna Soares também relata que falta um Pronto Socorro para atender aos servidores da educação e, sem o serviço, os funcionários precisam recorrer ao Sistema Único de Saúde (SUS), que também é sobrecarregado e fica sufocado com a demanda ainda maior. Quando o atendimento necessário não é oferecido no município, esses servidores precisam ainda procurar hospitais em outras cidades.

Ainda de acordo com a professora feito um abaixo assinado, entre os servidores que fazem uso do serviço, a fim de mobilizar o instituto e melhorar a situação. Mas, até o momento, nenhuma mudança.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG