Mototaxistas reclamam que clandestinos causam prejuízo de até 50%

Ações para fiscalizar os serviços e medidas para legalizar a atividade devem ter início na próxima semana

por Odair Cardoso
30/03/2019 - 14h30

Patos Já - Mototaxistas reclamam que clandestinos causam prejuízo de até 50%

A clandestinidade dos serviços de mototáxi em Patos de Minas entra na mira da fiscalização. A reivindicação é dos prestadores do serviço, denunciando que pessoas não autorizadas estariam prejudicando o setor, conduzindo passageiros sem as devidas autorizações.

Com 7 agencias e mais de 150 mototaxistas regularizados na cidade, a gerente de educação para o transito, Taciana Silva, disse a nossa reportagem que a uma campanha educativa para os trabalhadores do setor será realizada já a partir da próxima semana. Segundo ela, foram os próprios agentes de trânsito que solicitaram a ação junto a secretaria de trânsito.

No entanto, os prestadores do serviço que trabalham dentro da legalidade reclamam da concorrência desigual dos clandestinos, o que estaria provocando prejuízos. O mototaxista, José Hamilton, que atua na região central da cidade, disse que a situação tem causado redução em cerca de 50% no número de corridas, já que os não regularizados praticam preços bem abaixo daqueles que são obrigados a arcar com os impostos exigidos por lei.

O mototaxistas reclamam ainda que com o aumento no número de condutores que atendem via aplicativos, a situação vai ficando insustentável, e cobram do município uma fiscalização contra a clandestinidade. Sobre isso, Taciana Silva informou que a prioridade é a segurança dos usuários do serviço, após esta primeira etapa de ações, serão realizadas então as abordagens de trânsito a estes mototaxistas clandestinos com medidas de orientação.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG