patosja_logo

Moradora denuncia suposto abandono de animal no bairro Nova Floresta

A moradora afirmou que os tutores do animal apenas vão até a propriedade para alimentá-lo vez ou outra

por Pietra Elias

fonte: NTV

Publicado: 02-04-2024 14:08:03

Geral

Descubra os impactos ocultos das casas abandonadas em Patos de Minas, onde quintais descuidados se tornam cenários de desafios à saúde pública. Esta reportagem especial revela como um cão solitário vigia uma dessas propriedades, cercado por lixo, mato alto, e o perigo constante de animais peçonhentos e pragas urbanas como ratos e mosquitos transmissores da dengue. Moradores expressam suas preocupações com a segurança, a saúde pública e o bem-estar animal, pedindo ação e atenção das autoridades.

Em Patos de Minas, a questão das casas abandonadas transcende a simples negligência imobiliária, transformando-se em uma problemática de saúde pública e bem-estar comunitário. A presença dessas propriedades, repletas de lixo e vegetação descontrolada, serve de berço para a proliferação de animais peçonhentos e mosquitos transmissores de doenças, como a dengue, que ameaçam a saúde dos residentes locais.
Além disso, cães deixados à própria sorte em quintais negligenciados não apenas sofrem em silêncio mas também representam um risco adicional para a segurança e a saúde pública.

A comunidade de Patos de Minas se vê em frente a um desafio duplo: mitigar os riscos à saúde e responder ao bem-estar dos animais afetados. A discussão sobre soluções passa pela conscientização e ação coletiva, requerendo a intervenção de autoridades locais para impor regulamentações mais estritas sobre o cuidado e manutenção de propriedades.
A reintegração de tais imóveis ao tecido urbano poderia, por exemplo, passar pela transformação desses espaços em áreas verdes comunitárias, contribuindo tanto para o bem-estar dos moradores quanto para a saúde ambiental da região.

Enfrentar a questão das casas abandonadas em Patos de Minas exige uma abordagem multifacetada que envolva a participação ativa da comunidade, suporte das autoridades locais e políticas públicas eficazes. A adoção de soluções criativas e sustentáveis poderia não apenas resolver o problema imediato mas também servir de modelo para outras comunidades enfrentando desafios similares.

A situação em Patos de Minas revela profundas implicações da negligência de propriedades abandonadas, destacando a interconexão entre a manutenção urbana, saúde pública, e bem-estar animal.
Foi mostrado como quintais não cuidados e acumulação de lixo não só depreciam o valor estético e funcional dos espaços urbanos mas também criam ambientes propícios para a proliferação de pragas e vetores de doenças. Especificamente, a presença de mosquitos transmissores da dengue e animais peçonhentos em áreas residenciais representa um risco direto à saúde dos habitantes locais.

Além dos riscos à saúde, a reportagem enfatiza a questão do bem-estar animal, com foco no cão solitário vigiando uma casa abandonada. Este cenário serve de lembrete da responsabilidade dos proprietários de animais e das comunidades em geral em assegurar cuidados adequados, mesmo em contextos de abandono imobiliário.

O engajamento comunitário e a ação das autoridades são apresentados como elementos chave para a resolução dessas questões. Através da conscientização e cooperação entre moradores e governo local, busca-se promover não apenas a limpeza e a manutenção de propriedades abandonadas mas também a criação de políticas públicas que previnam tais situações no futuro. Este enfoque sugere uma abordagem proativa na gestão urbana e na preservação da qualidade de vida em ambientes comunitários.

Qual é a situação das casas abandonadas em Patos de Minas?
As casas abandonadas estão cobertas de mato, lixo acumulado, e habitadas por animais peçonhentos e um cão solitário.

Quais são os riscos à saúde pública nessas áreas?
A proliferação de mosquitos transmissores de doenças, como a dengue, e a presença de animais peçonhentos representam um risco à saúde dos moradores.

Como o bem-estar dos animais é afetado?
Animais, como o cão solitário encontrado, sofrem de negligência e falta de cuidados adequados.

Qual é a resposta da comunidade ao problema?
A comunidade está preocupada e demanda ação das autoridades para resolver tanto a questão da saúde pública quanto o bem-estar animal.

Quais soluções são propostas para enfrentar esses desafios?
Sugere-se a limpeza e manutenção das propriedades, conscientização sobre cuidados com animais e políticas públicas para prevenir o abandono.


Em nota enviada pela tutora do animal, ela diz: "Estou GRÁVIDA e estou terminando de construir o quarto do meu bebê! Nós não levamos o Duke, o cachorro da raça pit bull, ainda porque tem pedreiro em casa. Pelo menos três vezes ao dia ele é alimentado e visitado. Como vocês podem ver no vídeo, ele não está maltratado e está saúdavel. Sobre o mato: assim que as chuvas pararem, faremos a manutenção como sempre fizemos. Estamos só acabando o quarto da minha bebê pra levar ele para casa o novo espaço".

animal abandonado

A proliferação de mosquitos transmissores de doenças, como a dengue, e a presença de animais peçonhentos representam um risco à saúde dos moradores.

NTV
Bruna Rodarte, Glória Marra e Nathália Porto são as três candidatas à Rainha Nacional do Milho 2024
PCMG
Homem é preso pela PC após descumprir medidas protetivas e quebrar janela da casa de ex-companheira com socos
PMMG
PM prende condutor na MG-188 por adulteração de sinal identificador de veículo
Márcio Oliver
Moradores do bairro Campos Elíseos denunciam carvoaria em Patos de Minas e pedem encerramento da atividade
IMAGEM DA INTERNET
Motoristas por aplicativo de Patos de Minas realizam paralisação nesta sexta-feira e pedem “valor justo” para corridas
acidente
Moticiclista sofre acidente após tentar desviar de buracos na avenida Fátima Porto
NTV
Motociclista fica ferido em acidente na rotatória da Av. Paranaíba com a rua Cônego Getúlio
imagem colorida mostrando posto de pedágio na BR 365 em frente as cancelas
MPF e MPMG pedem nulidade do contrato de concessão das BR-365 e 452
imagem colorida mostrando cartão da mega sena com uma mão segurando caneta
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 56 milhões
imagem colorida feita durante a noite, mostrando policiais ao lado de dois ônibus na rodovia
Operação Narcos: duas pessoas são presas durante ações em rodovia
PMMG
Foragido da Justiça por violência doméstica é capturado durante operação da PMR
lixo
Descarte irregular de lixo em estradas nos arredores da cidade incomoda moradores
NTV
Adolescente de 14 anos alega ter sido vítima de estupro em Patos de Minas
ARTE MAMORÉ
Mamoré reforça zaga com contratação de Fernando Teixeira
NTV
Mato e esgoto a céu aberto incomodam moradores do bairro Vila Rosa
PMMG
Dois veículos se envolvem em acidente na MGC-462
NTV
Polícia Civil indicia idoso por tentativa de homicídio contra ex-genro em Patos de Minas
pedido de ajuda
Com risco de perder a visão, mulher tenta arrecadar recursos para custear cirurgia
álcool 70%
Álcool 70% líquido não estará mais disponível ao consumidor
imagem colorida mostrando os materiais furtados
Mulher é presa por furto de materiais no Estádio Zama Maciel
imagem colorida mostrando prisma da Polícia Militar ao lado das duas pedras de cocaína, arma falsa, notas de dinheiro de dois, cinco, dez, e 100 reais, além celulares
Polícia localiza cocaína, simulacro de arma e dinheiro, durante o cumprimento de mandado
Imagem colorida mostrando a entrdada da agência da Receita Federal em Patos de Minas.
Receita alerta para golpe do falso aplicativo do Imposto de Renda
imagem colorida, mostrando duas mãos contando notas de cinquenta reais
Bancos promovem mutirão de negociação financeira até 15 de abril
imagem colorida feita durante a noite, mostrando a caminhonete de cor prata sobre a prancha de um guincho estacionado na rua
Caminhonete furtada em Patos de Minas é recuperada na cidade de Carmo do Paranaíba